O bode disfarçado

Foto ilustrativa

Foto ilustrativa

Mais uma vez na lendária terra de Itapetim, uma vizinha, cobiçava o bode da outra e um dia, ela se aproveitou, de um descuido e roubou o bicho.

O problema era, como disfarçar o bode, pra que a vizinha não desconfiasse. Súbito, ela teve uma idéia genial, pintar o bode. O bicho era preto da cor de carvão, ela pegou um pincel de tinta e pintou o bichano de branco, usando cal.

A vizinha roubada, procurou, procurou e nada de achar o danado do bicho que pelo jeito havia fugido. Um belo dia, a dona do bode, passa na casa da vizinha para um dedo de prosa e de repente rebenta uma chuva daquelas de alagar até o maaarr (com erre dobrado) como diria o matuto. A idéia de pintar o bode era boa não fosse um pequeno detalhe, a chuva era tanta que começou a lavar a tinta do pêlo do bicho. A dona do Bode olhou para o quintal como quem não queira nada e de cara viu o bodinho branco se transformar, num bicho preeeto, tão preto que pra enxergá-lo de noite só vendo os dentes.

Quando ela descobriu o roubo, foi uma confusão de lascar, e tome acusação de lá e de cá….e quem duvidar, que vá perguntar a seu Ronaldo Nóbrega.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Causos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: