O Avião não tão invisível

Os EUA desenvolveram já a alguns anos um caça Stealth que tem a função de bombardear o inimigo sem ser detectado pelo radar. Sua tecnologia é baseada em um material em sua carcaça que absorve as ondas do radar e a espalham pelo ar de forma que essas ondas não voltem aos detectores de radar.

O radar emite ondas que quando “batem” no objeto, voltam para as antenas de captação revelando o objeto. O governo americano gastou bilhões na arma que já foi usada diversas vezes inclusive. Só tem um pequeno problema.

Cientistas descobriram que quando o caça passa por nuvens de chuva, as gotículas de água podem ficar retidas sob certas partes da superfície da aeronave causando um efeito perigoso. è que quando as ondas do radar batem no avião a mior parte se dispersa, conforme esperado.

Entretanto, se essas ondas entrarem em contato com as gotículas retidas nessas ranhuras da superfície, as água retem a onda e a “devolve” sem dispersar, tornando possível ao radar, detectar o caça. A Força Aérea nega a informação, mas em todo caso sempre ficam de olho no bloletim do tempo antes do vôo….

Anúncios
Explore posts in the same categories: Acredite se Quiser

Tags:

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

One Comment em “O Avião não tão invisível”

  1. Rick/BRA Says:

    Já houve casos de detecção dos caças em em voos de treinamento,é claro que a empresa que porjetou a blindagem contra radares não vai dar o braço a torçer por causa de um erro desse, ainda mais se tem dinheiro elvolvido.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: