A quem interessar possa

Recentemente o Senador Jarbas Vasconcelos deu uma entrevista a revista Veja, declarando que o objetivo do PMDB é conseguir cargos, para fazer negociatas. O primeiro ponto que chamo a atenção é para o clima de assombro diante de uma informação que todo mundo já tinha, claro que a diferença era de que um Senador do próprio partido estava denunciando o jogo.

A segunda observação é que, quando Jarbas fez a acusação, todo mundo caiu em cima dele dizendo “O sujo falando do mau lavado” e até levantaram algumas informações sobre o Senador.

A questão aqui é que para mim não importa se pesam alguma acusação contra ele, mas o fato de Jarbas ter falado o que todo mundo já sabia, tem um efeito muito positivo, porque pelo menos começa a gerar a discussão em torno das regras para contratar diretores de Estatais, de forma que esses cargos sejam ocupados por técnicos.

Vocês lembram do Roberto Jefferson que estava atolado até o pescoço com o mensalão e foi pra TV falar tudo o que sabia?? Foi a partir dali que o Brasil ficou sabendo do mensalão, ou seja, foi algo positivo, mesmo sabendo que o Deputado também era culpado. Não fosse ele jamais saberíamos.

O interessante é que a pessoas atingidas e o partido, não negam as acusações, mas tenta desqualificar o acusador, essa é a estratégia de todos os políticos quando confrontados com esse tipo de revelação, ele não se defende, mas procura mostrar que o outro não tem moral para falar dele.

E assim vamos esquecendo o ponto da discussão, afinal, não vale a pena investigar as acusações do Senador? ou vamos apenas assistir aos outros políticos falando dos erros de Jarbas pra desviar a atenção do assunto? Política hoje é isso, não negue, apenas esculhambe seu adversário para sair do foco de atenção.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Blog

Tags: , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

One Comment em “A quem interessar possa”

  1. Bruno Marenga Says:

    Roberto Jefferson… Muito bem lembrado! Independente de acusações (de toda natureza), e independente do estimulo que o levou a defunciar os “Colegas”, não foi positivo para o Brasil ?

    Importante ressaltar que nao estou comparando o Senador Jarbas com Roberto Jefferson no que tange as atitudes nos bastidores do Congresso Nacional. Mas mesmo que exista um forte interesse particular em denunciar aos companheiros e muitas vezes a si proprio. Esta atitude é postiva e passivel de agradecimentos.

    Parabéns e obrigado Luiz Henrique e ao Senador Jarbas Vasconcelos fazer refletir sobre o assunto.

    Apenas um obrigado a alguns caciques do PMDB que, com sua inteligencia limitada e excesso de ambição e egoismo, ainda permitem que o Brasil tenha uma chance de descobrir certos deslizes e continuarmos a ter esperança para um Brasil melhor.

    Bruno Marenga


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: