Posted tagged ‘Barack Obama’

Com a palavra Joe o Encanador

10/18/2008
Joe com o candidato Obama

Joe com o candidato Obama

O Lex Luthor foi conversar com Barack Obama (Obama disse que vinha de Kripton), na  verdade, o sujeito que você vê ai na foto é um Encanador que foi conversar com Obama, para saber se caso, ele seja eleito presidente, ele terá que pagar mais impostos, em um governo Democrata. Obama garantiu que não, pois a empresa que ele deseja comprar, arrecada 250 mil dólares por ano.

A estratégia de MacCain, durante o último debate, foi citar o cidadão várias vezes, para dizer que no seu governo, não vai haver aumento de imposto. Obama e MacCain citaram Joe, 27 vezes, durante o último debate.

A idéia é passar a impressão para os eleitores de que eles estão próximos do cidadão comum, ledo engano, não passa de truque barato de marketing. Como a imprensa americana, muitas vezes gira em torno de celebridades, não vamos esquecer que afinal essa é a cultura do winner X looser, Joe foi alçado a categoria de estrela, e agora a imprensa quer a opinião dele sobre tudo. Ele é um americano  comum, que é um profissional liberal e quer ter seu próprio negócio. Quer algo mais América que isso?? A seguir vejam o que pensa esse cidadão comum, o que ele diz vai na cabeça de todos os americanos classe média.

Economia: ” Eu não acho que tenha que pagar mais impostos do que já pago, pra trabalhar, o governo tem que resolver isso sem afetar mais a classe média”

Imigração ” Acho que nossas fronteiras deviam ser fechadas, os imigrantes que fioquem onde estão, seja do méxico, ou qualquer outro lugar”

Eleições: ” Não digo em quem vou votar, mas espero que o próximo presidente resolva isso”

Esse sentimento ecoa na cabeça dos norte americanos e revela que o mundo pós crise vai ser mais protecionista e xenófobo em relação aos imigrantes.

Anúncios

Quem venceu o debate?

09/29/2008
Candidatos se encontram no primeiro debate

Candidatos se encontram no primeiro debate

Este foi o primeiro debate dos candidatos Barack Obama e John MaCcain, candidatos a presidênncia dos EUA. As primeiras pesquisas indicavam que Obama havia vencido o debate, mas outras pesquisas de opinião que se seguiram, mostraram que os dois tiveram um desempenho equilibrado, e que não foram muito claros sobre o que vão fazer para resolver a crise americana.

Na década de 60 no primeiro debate de televisão entre o candidato Democrata Jonh F. Kennedy e o Republicano Richard Nixon, o nervosismo e indecisão de Nixon ao responder as perguntas, ajudou a solidificar a imagem positiva de Kennedy como político preparado e decidido. Segundo alguns analistas na época esse fato foi muito importante para decidir uma eleição muito acirrada.

Nesses debates, passar uma boa impressão, pode ser mais importante do que mostrar suas idéias. Quem afirma isso é o Professor de Comunicação da universidade de Northeastern em Boston, e autor do livro “Debates presidenciais: 40 anos de TV de alto risco”.

Obama cometeu um erro crucial que pode ter lhe custado a “vitória” nesse primeiro debate.

Em alguns momentos, ele disse que concordava com o Republicano Jonh MaCcain e, se tem uma coisa, que um político não pode fazer, é dar crédito ao adversário, numa eleição extremamente, acirrada. Resultado, os Republicanos estão jogando na TV um comercial em que eles mostram que até Obama concorda com MaCcain. Isso ajuda a reforçar a imagem de alguém que não sabe muito bem que decisões tomar, uma vez que, Obama vende a idéia de que as opiniões de MaCcain estão erradas, mas que ele mesmo parece concordar. Não importa se a cada declaração de concordância, Obama fazia uma crítica, pois, o comercial editado pelos Republicanos e, reprisado inúmeras vezes, ajuda a desconstruir a sua imagem.

Pesquisas recentes mostram que os americanos consideram a idade, como o ponto fraco de MaCcain, enquanto que a falta de experiência seria o calcanhar de aquiles de Obama, por isso, ele errou ao concordar com o adversário, mesmo que isso possa parecer elegante do ponto de vista político.

O que ninguém parece perceber é que, depois de 8 anos de Governo Republicano, com o Presidente mais impopular da história recente dos EUA, ainda assim, o candidato do partido de George Bush, apresenta um desempenho invejável, quando o mais comum seria patinar nas pesquisas, já que representa, em tese, a continuidade desse mesmo governo. O que pesa é que MaCcain, tem uma história de vida, que parece filme e é admirada pelos americanos que adoram cultivar a figura do herói de guerra, que lutou no Vietnã e passou 5 anos preso em um campo vietcong, com os homens do seu pelotão.

Para complicar um pesquisa recente revelou que 40% dos eleitores brancos democratas podem não votar em Obama, por associarem idéias pejorativas aos negros, como a impressão de que eles são mais agressivos, preguiçosos ou menos confiáveis, o que é um absurdo, ou seja, é o velho ranço racista que pode atrapalhar o candidato Democrata.

É contra tudo isso que Obama vai lutar e, nessa hora, um pouco de firmeza e agressividade bem dosadas, podem fazer toda a diferença