Posted tagged ‘EUA’

O que muda para o Brasil?

01/20/2009

Com a posse de Obama o que muda para o Brasil ou Amérca Latina? Em tese Presidentes Democratas são mais protecionistas, devido a ligação do partido com sindicatos e trabalhadores, mas o fato é que qualquer presidente que fosse enfrentar essa crise, teria que ser protecionista, para reativar a sua economia.

Nos primeiros 2 anos de mandato, todas as atenções e energia de Obama estarão voltadas para os problemas internos dos EUA, e provavelmente, como qualquer ação no campo da economia leva pelo menos 6 meses em condições normais para começar a surtir efeito, a crise só deve dar os primeiros sinais de arrefecimento no segundo semestre de 2010.

Portanto, não se deve esperar muito agora. Talvez daqui a dois anos, possamos celebrar com os EUA uma aliança para desenvolver o Etanol, o que seria benéfico para os dois lados, pois livraria os EUA da dependência do petróleo a longo prazo, e tornaria o Brasil uma potência energértica mundial, já que os dois países dominariam a produção desse tipo de combustível limpo no mundo.

No campo da política de subsídio agrícola e sobretaxas para produtos brasileiros, nenhuma mudança a vista, para os próximos dois anos.

Os desafios de Obama

01/20/2009
Folha de SP On-line

Fonte: Folha de SP On-line

Um dia histórico para os EUA e para o mundo, enfim um negro chega ao cargo mais importante do mundo, o cargo de presidente dos EUA.

Mas a chegada de Obama significa o início de uma era pós-racial? Não exatamente, mas isso eu vou aprofundar em outro post. A seguir, as primeiras dificuldades que Obama vai enfrentar como presidente.

Para reativar a economia, e gerar empregos, Obama promete obras nas áreas de infra-estrutura, semelhante ao que fez Roosevelt, não na mesma escala logicamente, mas, construir pontes e estradas, para reduzir o desemprego crescente.

O problema é que de acordo com analistas econômicos, os EUA já tem a maior parte do país atendida, por estradas, pontes e outros serviços essenciais de infra-estrutura(ainda não me adaptei a reforma ortográfica), o que significa, que não será possível avançar muito nessa área.

Outro problema é que Obama prometeu cortar impostos de 90% da classe média americana, mas de acordo com alguns analistas, cerca de 40% das famílias americanas de classe média já não pagam imposto de renda, se esse número for verdadeiro, será um grande problema, para cortar, onde não há mais impostos para se pagar.

Outro grande problema é reduzir as desigualdade entre negros e brancos, pois segundo uma pesquisa inédita que vou divulgar aqui amanhã, cerca de 40% dos homens negros, não chegam a faculdade e tem mais problemas com a justiça, isso sem falar nos salários mais baixos e nas poucas oportunidades de ascensão social, devido ao preconceito, esse talvez será o mais difícil de todos os desafios.

Ele não vai deixar saudade

01/20/2009
George Bush

George Bush

George W. Bush vai embora, mas será eternamente lembrado, como o pior Presidente da história recente dos EUA. Ele conseguiu afundar o país em uma espécie de novo Vietnã, um grande atoleiro no Iraque, baseado na lorota das armas de destruição em massa.

Vai deixar um país em plena depressão, vejam bem, eu disse depressão, o que é bem pior que recessão, e ainda com o maior déficit da história do Governo americano. De quebra, Bush conseguiu com sua política unilateral, provocar o ódio de boa parte do mundo contra os americanos.

Isso sem falar na legalização da tortura, como forma de conduta pelos soldados americanos em Guantânamo.

Nas suas férias ad infinitum, Bush planeja escrever um livro de memórias, será que alguém vai comprar? E pescar com Lula que já o convidou. O único ponto negativo, é que não poderemos mais rir de suas gafes e bobagens, que ele era mestre em dizer em frente aos jornalistas.

Curtas

01/16/2009

VIOLÊNCIA POLICIAL EM MADRI
Violonista brasileiro foi agredido por policiais espanhóis em um aeroporto em Madri, quando reclamou que teve seu casado com documentos e dinheiro roubado, ao passá-lo pela esteira. O Brasil deveria retaliar deportando alguns muchachos, aqui também, durante o processo de imigração.

A CRISE MOSTRA AS GARRAS NO BRASIL
De acordo com o próprio governo brasileiro, só em Dezembro foram fechadas 600 mil vagas com carteira assinada, devido aos reflexos da crise nas vendas das empresas. É, e ainda tinha gente falando que essa crise era só uma marolinha…..

PILOTO HERÓI
Nos EUA um piloto de um jato, conseguiu salvar a vida de 150 passageiros de um avião A320, fazendo um pouso forçado no Rio Hudson em Nova York. Pouco depois de decolar as duas turbinas do jato foram atingidas por aves e pegaram fogo. O piloto avisou a todos e executou um pouso perfeito na água, preservando toda a estrutura do avião, o que permitiu que ele flutuasse, e assim o resgate chegasse a tempo, para buscar todos.

Em 50 anos, esse foi o único caso em que um pouso deste tipo, ocorreu, sem registrar nehuma morte.

GUERRA SEM ESCRÚPULOS
Hospital, área de estocagem de comidas e remédios e até ambulâncias da ONU, e hotel de jornalistas foram atingidos hoje, por tropas Israelenses. O min da Defesa de Israel Ehud Barack, já reconheceu o erro, considerando-o grave e pediu desculpas publicamente. A coisa toda está fugindo ao controle de Israel…

A crise vista por um americano

12/17/2008

Vejam que e-mail interessante eu recebo de um amigo do trabalho, sobre a crise dos EUA vista pelo ponto de vista de uma americano.

O Governo Federal está concedendo a cada um de nós uma bolsa de U$ 600,00.
Se gastarmos esse dinheiro no supermercado Wall-Mart, esse dinheiro vai para a China.
Se gastarmos com gasolina, vai para os árabes.
Se comprarmos um computador, vai para a Índia.
Se comprarmos frutas e vegetais, irá para o México, Honduras e Guatemala.
Se comprarmos um bom carro, irá para a Alemanha.
Se comprarmos bugigangas, irá para Taiwan e nenhum centavo desse dinheiro ajudará a economia americana.
O único meio de manter esse dinheiro na América é gastá-lo com prostitutas e cerveja, considerando que são os únicos bens ainda produzidos por aqui.
Estou fazendo a minha parte….

OBS: Marc Faber. Ele é analista de Investimentos e empresário. Em junho de 2008, quando o Governo Bush estudava lançar um projeto de ajuda à economia americana, ele encerrava seu boletim mensal com um comentário bem-humorado, não fosse trágico…

Comentário

O cara é um visionário….hehehe

Quem paga a conta?

12/09/2008
GM

GM

O Governo americano vai socorrer, as três grandes montadoras americanas a FORD, GM e CHRYSLER, COM UM PACOTAÇO DE 15 Bilhões de dólares, para que elas não fechem, caso isso ocorresse 3,5 milhões de americanos iam pro olho da rua.

A questão é que o que torna essa crise mais interessante, é que os grandes tubarões do mercado são especialistas em defender o Estado mínimo e dizem que ele é ineficiente, não sabe gastar, e deve ficar longe da economia. Mas na hora que o bicho pega e a crise se alastra, trazendo prejuízos e ceifando empregos no mundo todo, eles correm pra pedir ajuda a quem? Ao Governo claro.

Ai fica a pergunta, quem aprontou essa confusão toda? Porque os bancos de investimento não alertaram investidores e o próprio Governo? Onde estavam os famosos analistas de mercado?

A resposta é simples: Muitos já sabiam que o buraco era mais embaixo, que haveria quebradeira, mas simplismente como ganhavam muita grana, com todo a ciranda financeira, preferiram ficar calados e  não estourar a bolha e ver até quando seus cofres ficariam cheios.

A GM é um caso a ser estudado, seus carros são considerados nos EUA, como perdulários, mais poluentes  e mais caros. O Presidente do Grupo veio a público dizer que trabalharia por um salário de 1 Dólar anual, veja só, como ele é consciente caro leitor, não fosse um pequeno detalhe, sabe quanto o Presidente da GM ganhou de salário no ano passado? 50 MILHÕES DE DÓLARES.  Com um salário desse até eu trabalharia por 1 dólar anual.

Resumo da ópera, eles fazem a lambança e o contribuinte americano paga a conta, isso nos lembra um outro País não é?

BARACK OBAMA PRESIDENTE DOS EUA

11/05/2008

thankyou_banner1

São 01:39 de Quarta pelo horário de Brasília, e a projeção mais atual até o momento indicam 207 delegados, para Obama contra 135 para MacCain.

De acordo com projeções de boca de urna, Obama deve ultrapassar 300 votos no Colégio Eleitoral, e não haveria mais chances matemáticas de MacCain ganhar este eleição.

É um momento Histórico, não só para os EUA, mas também para o mundo. Afinal é a primeira vez que um negro ocupa o cargo mais importante do mundo.